Seja bem vindo ao mundo infantil da sustentabilidade!! Aqui você encontrará: informações, vídeos, atividades voltadas para o meio ambiente. Você verá que cuidar do nosso planeta pode ser muito divertido!!
RSS

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

LIXO E RECICLAGEM




Um dos problemas mais graves nos dias de hoje, no mundo inteiro, é a poluição provocada pela grande quantidade de lixo. Toda sujeira jogada nas ruas acaba nos rios, e pode entupir bueiros e causar enchentes.

Nunca é demais lembrar que muita coisa que jogamos fora pode ser reutilizado, reaproveitado e reciclado.

Antes de jogar seu lixo fora, será que você não pode utilizá-lo para outra coisa?

Você sabe o que é reciclagem?
A reciclagem é um processo em que os resíduos sofrem um tratamento, mudam suas características e podem ser usados novamente. Ela depende da coleta seletiva, que é o recolhimento do lixo, com a separação dos materiais em recicláveis dos não recicláveis.

Você também pode ajudar na coleta seletiva, separando o seu lixo em casa e na escola, e incentivando as pessoas a fazerem o mesmo. Mas, você sabe o que pode e o que não pode ser reciclado?






 

 

LIXO SÓLIDO CELETA SELETIVA E RECICLAGEM

O lixo sólido é na realidade um aglomerado de matéria prima que tem considerável valor econômico e social, tanto pelo valor comercial das substancias encontradas no lixo, quanto e principalmente pelos empregos gerados com a atividade, mas que, por falta de entendimento, visão de negócio, empreendedorismo, consciência e responsabilidade ambiental, o lixo acaba sendo desprezado em lixões, vias públicas e mesmo em aterros sanitários, causando problemas diversos à comunidade, principalmente problemas que degradam a saúde, a qualidade ambiental e a qualidade de vida.

O lixo não é problema, ao contrário é a oferta gratuita, perene e sustentável de matéria prima, apenas dependendo do custo de coleta que já é totalmente subsidiado pelo setor público, ou seja, em todos os municípios do mundo os governos pagam à coleta de lixo, sendo que lamentavelmente, por falta de conhecimentos não sabem o que fazer com esse tesouro que é uma grande oportunidade de negócio ambientalmente sustentável e acabam depositando em lixões e aterros sanitários.

Veja que, pelo lado puramente econômico, tudo o que se encontra no lixo tem mercado garantido através do reaproveitamento e reciclagem para o reabastecimento dos fornecedores do mercado produtor do lixo, ou seja, o lixo leva, alem da matéria prima, a informação de tudo o que está sendo necessário para o reabastecimento na fonte de produção, desta forma, se o lixo está trazendo muito plástico, muito alumínio, muito ferro, muito papel é porque, estes materiais, estão de alguma forma, sendo preferidos em relação a outros materiais, logo, a reposição na fonte de produção ou produção alternativa é inevitável.

Por outro lado o custo econômico e ambiental da exploração, extração e processamento dos materiais, principalmente metais é muito elevado até o ponto de fundição e moldagem do artefato objeto do consumo, de forma que, a partir da reciclagem do lixo, os custos econômicos e ambientais começam a partir do ponto de fundição e moldagem, no mesmo sentido, ao aproveitar o lixo como matéria prima, você gera empregos e desenvolvimento econômico, e ao mesmo tempo, resolve um problema ambiental, logo, aproveitar o lixo é um grande negócio em face de que todos os seus produtos apresentam nível elevado de sustentabilidade ambiental.

 O lixo sólido, principalmente, dispersado e abandonado nas vias públicas e um grande problema causado pela falta de consciência e responsabilidade ambiental dos consumidores, é, de fato, um problema de educação, porque o lixo em quantidades minúsculas não serve economicamente para ninguém, logo, é abandonado, mas, a consciência e responsabilidade ambiental do consumidor que poderia determinar a coleta sistemática e seletiva do lixo, poderiam ser mais eficazes para determinar, com o seu poder de compra, que o lixo do consumo seja, ao máximo, retirado do meio ambiente, pelos próprios produtores que são as indústrias e o comércio, ou seja, quando a indústria lança um produto e junto a embalagem e distribui esse produto através do comércio, ela, a indústria, deveria reunir mecanismos para que esse resíduo fizesse o caminho de volta, essa atitude garantiria a sustentabilidade ambiental do negócio, além da economia financeira com o reaproveitamento da matéria prima no mesmo processo, mas essa situação ideal dependeria, e muito, da consciência e responsabilidade ambiental do consumidor, que deveria incentivar, com o seu consumo de produtos e serviços, as organizações que apresentassem a tão falada e nada praticada sustentabilidade ambiental.

Desta forma, obviamente que o produto teria que ter o seu preço majorado em face da cobertura do custo da coleta dos seus resíduos, mas esse é o custo que não está sendo pago por ninguém, ou seja, os produtos e serviços não tem  incluídos em suas planilhas de custo os valores que deveriam ser aplicados para a sustentabilidade ambiental daquele produto,  logo, o custo ambiental dos produtos e serviços se transforma em um grande passivo ambiental que degrada a qualidade do meio ambiente que é direito de todos.

No mesmo sentido é importante destacar que o consumido, embora de forma inconsciente, paga, e muito, através dos impostos, a totalidade da coleta do seu lixo,  sendo que os governos que recebem esse dinheiro gastam de forma incorreta e somente, e muito mal, fazem apenas a coleta, e lançam a totalidade do lixo em lixões e aterros sanitários porque, lamentavelmente, não sabem a importância econômica do material que coletam, e muito menos sabem, sobre a necessidade que temos de sustentabilidade ambiental para viver e viver com qualidade de vida

FONTES: http://sustentabilidadeambiental.org.br - http://www.criancaecologica.sp.gov.br/

0 comentários:

Postar um comentário

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

ADOTE!!

ADOTE!!

AJUDE!!

AJUDE!!